Caral

Caral, 14 de março de 2012

De volta pra estrada, não foi fácil andar pelo litoral com tantos policiais tentando nos extorquir, alguns aceitavam uma balinha e um sorriso dos simpáticos brasileiros, mas outros queriam “plata”, claro que não damos, sempre tentamos exigir a multa que eles inventam e depois de muita insistência eles acabam desistindo. Estávamos a caminho das ruínas de Caral, simplesmente considerada a civilização mais antiga de toda América.

 

Ruínas ainda em escavação de Caral

 

Passamos por muitas granjas em meio ao deserto do litoral até chegar lá. Muita expectativa, pois as fotos que vimos eram impressionantes. Sabe quando você anda por um local e tenta descobrir de onde tiraram aquela foto que você tanto apreciou? Assim foi em Caral, queríamos ter aquela visão do que realmente apreciamos na propaganda, mas não foi possível, nossa expectativa brochou um pouquinho, mesmo assim foi legal estar ali. A quase 5000 anos atrás eles já possuíam tecnologia sísmica para manter suas pirâmides firmes diante de tantos tremores que a região vive. Em pensar que todas aquelas ruínas a poucos anos atrás eram  dunas que as crianças dos povoados ao redor brincavam, imaginamos quanto ainda tem para se descobrir por aqui.

 

Pirâmides de Caral, já tinham tecnologia anti sismica.

 

Hanna na estrada de 5000 anos de Caral

 

O templo del Anfiteatro de Caral

 

Depois da visita finalmente achamos uma praia para camping, e ficamos na praia apreciando uma enorme revoada de pássaros, acho que foi uma das melhores partes do litoral que apreciamos até o momento, pena que mais uma vez ao redor tinham milhares de granjas. Os frangos são os que mais aproveitam o litoral. Não é qualquer frango que pode viver com vista pro mar, com certeza aqui eles tem uma vida bem mais feliz antes de irem pro KFC!

Anúncios