Rio Grande

Rio Grande, 31 de agosto de 2011

Um dos pontos mais conhecido para visitação na cidade é o Museu de Oceanografia. O mundo marinho é maravilhoso e ainda o conhecemos tão pouco. Lá você vai encontrar ossos baleias, golfinhos e focas. Tem diversos aquários e cópias de animais marinhos diferentes. Ficamos impressionados com o tamanho do peixe Marlin, conhecido como agulhão. As cópias das lesmas trazem um festival de cores do que seria na vida real.

 

Dr. Miragaia, peixe com tumor no crânio

 

Próximo ao museu tem uma estação de tratamento de animais marinhos que se perderam em nossa costa. Tinha pinguins, focas, tartarugas e leões marinhos. Muito fofos, tomara que eles melhorem logo para retornar ao seu habitat natural.

Mas por fim teve algo que nos impressionou. Há alguns anos, pensamos em ir até a Antártica e lá neste museu tinha um modelo pequeno do que seria a base brasileira no continente gelado. Deu até pra sentir um friozinho na barriga imaginando o que seria viver lá no extremo, longe de tudo e de todos. A estrutura é de vários containers e tem de tudo lá dentro, até sala de jogos.

 

Hanna se preparando para a expedição na Antártica

 

De Rio Grande fomos para a Praia do Cassino onde acampamos no Camping Senandes, o qual recomendamos muito, pois tem uma estrutura excelente para camping, com quadra de vôlei, parque, churrasqueiras e ótimos banheiros.

Anúncios