Condução e Estrutura

A Bixinha…

Carro: Ford Ranger XLT 2005 Cabine Dupla 4×4 2.8 Turbo Diesel – apelidada carinhosamente de Bixinha. Nossa maior parceira nesta aventura. Tratamos ela como parte da equipe. Para nos dar maior tranquilidade, adicionamos uma trava de segurança e rastreamento via satélite.

Sobre o carro, a experiência que tivemos na viagem comprovou que a Ford (marca) é uma péssima opção para este tipo de aventura, se você optar por Ford, terá que lidar com algumas situações:

  • Dificuldade em encontrar peças pelos países da América do Sul, sendo que em países como Perú e Bolívia mal se encontram carros Ford;
  • Peças originais com a estampa Ford custam de 3 a 5 vezes mais caro que peças originais sem estampa Ford, este é o caso da correia dentada, por exemplo, fabricada pela MWM-International;
  • Quando precisar fazer algum serviço no carro, não espere que seja simples, porque a Ford complica tudo. Quando pequenas peças são danificadas, você precisa trocar o jogo inteiro e o orçamento original segue uma metamorfose até o fim do serviço;
  • O serviço das autorizadas Ford são extremamente lentos e em todas as concessionárias nas quais passamos existiu um descaso muito grande com o cliente;
  • Entramos em contato com diversas empresas de aventura por toda América do Sul e todos eles recomendam ou carros japoneses ou Land Rover.

Em resumo, a Ranger não é um carro para aventuras e a Ford não é uma marca adequada.

Navegador: GPS Garmin Nuvi 255W.

Casa: Barraca automotiva Camping’s World, modelo Discovery II Casal Plus. Maior quebra galho já feito. Muito prática e de fácil manejamento. Uma ótima opção para economizar com a estadia, que é a parte mais dispendiosa para o viajante.

Barraca Automotiva – Camping’s World. Montada apenas a parte superior.

Pelo fato da Bixinha ser uma camionete, tivemos que adicionar uma capota de fibra de vidro para termos um “porta malas”. Entretanto, esta capota não tem força o suficiente para aguentar a barraca conosco dentro. Aí que entra o Zezo, pai da Hanna, com suas idéias geniais. Adaptamos um suporte interno feito de aço tirado de uma S10 que fica preso na caçamba da Bixinha, assim podendo aguentar nossos quilinhos durante a noite. Também adicionamos um estepe extra, como garantia.

Para termos melhor aproveitamento do espaço da caçamba, fizemos uma divisória com compensado naval. Pintamos com tinta spray para proteger a madeira e dar um visual mais clean. Estrutura fácil de fazer e muito barata, colocamos um compensado no meio como suporte para sustentar o peso das bagagens.

Estrutura interna e equipamentos

Na capota é importante ter películas bem escuras, que evita visualizar nossos pertences.

Equipamentos: Dividimos o essencial em caixas plásticas organizadoras de forma a ter acesso a tudo facilmente. Os pertences que usamos eventualmente ficam mais ao fundo. Ficou divido da seguinte forma:

Caixa do escritório:

Mapas com rodovias e rotas, gostamos também de atlas geográficos com demografia, produções do país, renda per capta, etc.

Guias da América do Sul para viajantes. Tem um excelente para brasileiros: o guia do viajante independente da América do Sul: http://oviajante.uol.com.br. Guia da folha de São Paulo, uma revista simplificada, mas com passeios excelentes.

Dicionários. Mesmo sendo América do Sul você ira encontrar pessoas do mundo todo pelo caminho. Tem guias de conversação que podem ser muito úteis da folha de São Paulo e bem baratinhos. Tem um com 14 línguas diferentes provenientes da Europa (com isso acho que dá pra se virar).

Livros, revistas, aparelhos eletrônicos tipo: lanternas, carregadores, transformador de com entrada USB e 220V (esse é um ótimo quebra galho para carregar notebook, celular, GPS, tec.), PSP, acessórios para notebook, máquina fotográfica, celular, etc.

Para lanternas, temos uma que carrega manualmente, essas são famosas por terem um fim rápido, mas são muito úteis como quebra galho, temos também uma lanterna para cabeça (presente do tio Jê), excelente para cozinhar no escuro, leituras etc. e uma lanterna recarregável que não precisa carregar por muitos dias. Vale à pena ter uma mini luminária de LED com entrada USB e/ou adaptador para tomada.

Caixa da cozinha:

No nosso caso esta caixa está um pouco exagerada, pois gostamos de cozinhar. Se você também gosta, não deixe de ter:

Uma garrafa térmica, de preferência de inox, pois as de vidro quebram fácil. Use somente para água, evita impregnação de odores com o tempo.

Para praticidade, um aquecedor elétrico de água, ou rabo quente. Alguns países são proibidos a venda, mas como no Brasil é liberado, é melhor ter um extra. E nunca, nunca mesmo, ligue fora da água, ou ponha o dedo na água enquanto estiver ligado. Isso é quase um kit de sobrevivência, no dia a dia dá para fazer chá, chocolate quente, sopas individuais e café. Nas regiões frias será muito útil. E em cidades pequenas, caso você chegue num domingo e não tenha nada aberto, será a salvação. Também é uma ótima opção para esquentar um galão de água para tomar um banho improvisado caso seja necessário.

Fogareiro: temos um fogareiro a gás de cerâmica, muito bom com opção de utilizar gás descartável ou outros tipos de bujões que tenham válvula de segurança. Temos um pequeno fogareiro para botijões pequenos de acampamento também.

Churrasqueira portátil, a Náutika tem um modelo bem prático e pequeno que assa super rápido e grelha muito bem. Como bons brasileiros, isso não poderia faltar.

Jogos de talheres têm sempre a quantia de quatro, pois adoramos visitas. Além de concha, descascador, pegador de massa, escumadeira, colheres grandes, facas e abridores.

Pratos inox ou alumínio, sempre fundos e largos que podem ser usados como bandejas e para sopas. Canecos de inox ou alumínio com alça, você pode utilizar para tomar café e outras bebidas e também para cozinhar coisas pequenas.

Panela com teflon, pois os fogareiros são bem fortes e evita que a comida grude.

Uma meia panela de pressão que facilita muito para cozidos e claro a nossa tradicional feijoada. Lembre-se também que nem sempre você encontrara uma carne de qualidade, e o cozido às vezes será a salvação.

Bandejão, desses comuns de restaurante, e uma forma de você ter um bom espaço numa superfície limpa para os alimentos, pois será muito difícil você encontrar uma superfície adequada para preparo.

Tábua de corte, de preferência plástica, que não corre o risco de mofar quando for guardada.

Temos uma pequena torradeira para o fogo, o café da manhã fica muito mais saboroso e rende ótimos lanchinhos.

E para quem gosta de um bom café, uma moquinha pequena é bem pratica, pois dispensa o uso de coadores.

Panos de louça, de pia e uns panos de louça maiores para colocar em cima dos alimentos para evitar as moscas irritantes.

Caixa para comidas não perecíveis:

Isopor para o bar, com Jack Daniels, Bailey’s e outras gostosuras.

Mesa, cadeiras e guarda sol.

Caixa de limpeza e outros:

Temos sempre sabão para roupas, detergente, esponja, palha de aço para louças e álcool.

Repelentes: citronela concentrada que pode ser passado um pouco no chão e objetos, boa noite, repelente corporal e protector elétrico.

Velas, fósforos e isqueiros, kit de costura, silvertape.

Varal e grampos de roupa. Encontramos da marca powder um varal muito bom, de inox dobrável e já vem com grampo, ótimo para viagens longas. Os pequenos de plásticos muitos comuns quebram com muita facilidade.

E para o carro temos um limpador de vidros que usamos constantemente.

Panos de limpeza em geral, tapetes de chão.

Caixa de ferramentas:

Caixa para utensílios em geral – lonas, cordas, elásticos, T, extensão elétrica, tapetes emborrachados, carvão (em caso de chuva será uma boa forma para iniciar uma fogueira.

Ferramentas em geral: de tudo um pouco. Chaves de fenda, Philips, boca, alicates…

Caixa de sapatos:

Temos sempre dois tênis e duas botas que revezamos diariamente, pois se anda muito e se bobear o chulé vem. Não pode faltar chinelo de borrachas para o banho. Quando você for ao banheiro de camping irá entender por que.

Artigos pessoais:

Roupas para todas as estações. Não esquecer para o frio de uma segunda pele, que faz muita diferença. Um conjunto de anorak para os dias de chuva e artigos básicos como chapéus, gorros, cintos, luvas e cachecol.

Lençol, cobertor, sacos de dormir para frio (compre sempre numa temperatura a mais do que o previsto) e um extra para verão, toalhas de banho e rosto. Ocupam muito espaço mas é muito importante estar bem precavido. As toalhas e roupas úmidas sempre colocamos no carro durante as viagens e secam bem rápido.

Tem alguns penduradores de porta que são práticos e cabem ate dois ou três cabides. São úteis principalmente para banheiros que geralmente não tem estrutura adequada para colocar roupas. Ventosas também é uma opção.

Higiene:

Sabão em barra com saboneteira, e sabonete liquido para lavar as mãos.

Documentação: passaporte, certidão de casamento, identidade, carteira de motorista, cartão de vacinação (em vários países é obrigatório o comprovante internacional da vacina contra febre amarela), etc.

OBS.: Acessórios obrigatórios para a entrada em algum país como na Argentina que exige cambão, dois triângulos e kit de primeiros socorros.

Mas com ou sem estrutura o mais importante é levar o espírito aventureiro, esse não pode faltar.

Anúncios

5 Respostas

  1. Cade a foto da barraca aberta??

  2. Façam aquele check list power plus ninja que conversamos, acho que será bem famosinho!! =)

  3. oi filhos. a viajem esta linda hem!tambem gostaria de ver a barraca aberta hahahah beijão da mãe

  4. Vi a caminhonete de voces no dia 06 de outubro em Buzio-RJ e fiz algumas fotos. Parabéns pela jornada. Como sugestão penso que seria bacana incrementar o site de vocês com mais informações, fotos e videos.. abraços

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: